Rede Social

O que é a Rede Social?

O Programa Rede Social emerge das políticas europeias da subsidiariedade, numa tentativa de deslocalização para os recursos locais o combate aos fenómenos sociais de pobreza, exclusão social, desemprego, entre outros.

O coletivo dos diferentes constituintes da sociedade – instituições públicas e instituições privadas, autarquias – são convidadas para a mobilização e reabilitação do desenvolvimento do tecido social do território onde se encontram inseridas, através de implementação de ações concretas e coerentes de trabalho com parceria de conhecimento, experiências, recursos e meios.

De modo a consolidar esta intervenção, o Município de Borba, estabeleceu relações de parceria com as entidades locais, para que em conjunto seja possível uma atuação eficaz na atenuação dos principais problemas sociais do concelho.


Objetivos estratégicos e específicos

Os objetivos estratégicos são:

- Desenvolver uma parceria efetiva e dinâmica entre entidades públicas e privadas que articule a intervenção social dos diferentes agentes locais;

- Promover um planeamento integrado e sistemático, potenciando sinergias, competências e recursos a nível local;

- Garantir uma maior eficácia do conjunto de respostas sociais nos concelhos e nas freguesias.


Destes objetivos estratégicos decorrem os seguintes objetivos específicos:

- Induzir o diagnóstico e o planeamento participados;

- Promover a coordenação das intervenções ao nível concelhio e de freguesia;

- Procurar soluções para os problemas das famílias e pessoas em situação de pobreza e exclusão social;

- Formar e qualificar agentes envolvidos nos processos de desenvolvimento local;

- Promover uma cobertura concelhia racional e equitativa de equipamentos sociais e serviços;

- Potenciar e divulgar o conhecimento sobre as realidades concelhias.


CLAS - Conselho Local de Ação Social

O Conselho Local de Acão Social (CLAS) é constituído por 24 entidades públicas e privadas que formalmente aderiram à Rede Social.

O CLAS integra as Entidades que abaixo se identificam e funciona em Plenário, através dum sistema de representação do conjunto dos seus membros. É presidido pelo Presidente da Câmara Municipal de Borba, o Sr. António José Lopes Anselmo e coordenado pela Técnica responsável pela área social, a Dr.ª Sofia Alexandra Dias.

 Este CLAS tem como competências, entre outras:

- Promover iniciativas que visem uma melhor consciência dos problemas sociais;

- Promover a realização participada do diagnóstico social concelhio, do Plano de Desenvolvimento Social e dos Planos de Acão anuais;

- Fomentar a articulação entre os organismos públicos e entidades privadas, visando uma atuação concertada na prevenção e resolução dos problemas sociais;

- Avocar e deliberar sobre pareceres do Núcleo Executivo relativos à implementação de novas respostas sociais.

 

Fazem parte dos CLAS os seguintes elementos:

1. Município de Borba

2. Centro Distrital de Segurança Social de Évora/Serviço Local de Borba

3. Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP)

4. Agrupamento de Escolas do Concelho de Borba

5. Centro de Saúde de Borba

6. Santa Casa da Misericórdia de Borba

7. Junta de Freguesia de Orada

8. Junta de Freguesia Matriz

9. Junta de Freguesia de São Bartolomeu

10. Junta de Freguesia de Rio de Moinhos

11. Associação de Desenvolvimento Montes Claros

12. Grupo Desportivo e Cultural de Rio de Moinhos

13. Intervenção Precoce na Infância (SNIPI) 

14. Guarda Nacional Republicana (GNR)

15. Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Borba (CPCJ)

16. Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Borba

17. CerciEstremoz - Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados, CRL

18. Centro Luís da Silva - União das Misericórdias Portuguesas

19. Associação de Solidariedade Social da Orada (ASSO)

20. Sport Clube Borbense

21. Associação Borba Jovem

22. Associação Borba Mais (BARBUS)

23. Centro Cultural de Borba

24. Cáritas Paroquial de Borba

25. Associação Monte (Membro convidado)


Núcleo Executivo

O núcleo executivo é um órgão de gestão dinamizador da Rede Social, composto por 7 elementos, tendo a representação obrigatória de um elemento da Segurança Social, da Câmara Municipal de Borba e de uma entidade sem fins lucrativos eleita entre os parceiros deste grupo. Os restantes elementos são eleitos no Plenário do CLAS por um período de 4 anos.

 
Presentemente o Núcleo Executivo é constituído pelos seguintes representantes:
1. Município de Borba
2. CDSSS /Serviço Local de Borba
3. Centro de Emprego de Estremoz
4. Agrupamento de Escolas do Concelho de Borba
5. Centro de Saúde de Borba
6. Santa Casa da Misericórdia de Borba
7. Junta de Freguesia de Matriz


Documentos de referência

Diagnóstico Social

O Diagnóstico Social do Concelho de Borba (DS) é um instrumento que permite a consolidação do trabalho em parceria, que inclui não só a identificação das necessidades, a deteção dos problemas prioritários e respetivas causalidades, bem como dos recursos e das potencialidades locais que constituem reais oportunidades de desenvolvimento. É o documento de base essencial à planificação estratégica da Rede Social.

 
Plano de Desenvolvimento Social 2015-2017

O Plano de Desenvolvimento Social constitui um documento com delimitação temporal e de atuação de três anos (2015-2017), encontrando-se a sua operacionalização garantida pelos Planos de Ação anuais.

 

Plano de Ação 2017

Plano de Ação 2016

Plano de Ação 2015

Este plano emerge com vista à implementação de programas e projetos que deem resposta aos problemas identificados nos documentos anteriores.  


Regulamento Interno