woman shopping organic veggies and fruits
É Natal no Comércio Local 2022
Notícias
Desativação do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Borba
Desativação do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Borba
Destaques
Destaques
VER +
Atendimento
Agenda
Notícias
Inauguração das obras de reabilitação do Celeiro da Cultura e dos Presépios

Inauguração das obras de reabilitação do Celeiro da Cultura e dos Presépios

Em linha com a harmonização das medidas de mitigação da crise energética e atendendo ao exposto na Resolução do Conselho de Ministros n.º 82/2022, de 27 de setembro, decidiu o Executivo Municipal adiar, por uma semana, a inauguração da Iluminação de Natal. Assim, vamos festejar, em conjunto, três dos momentos mais importantes da quadra natalícia do concelho. No próximo dia 08 de dezembro iremos inaugurar o Celeiro da Cultura, após concluídas as obras de reabilitação, com o regresso a este espaço do PRESÉPIO ANIMADO de José Grego e Rosa Aparício. Ainda neste mesmo dia, inauguramos o Presépio de Rua 2022, no Largo da Fonte das Bicas e outros locais emblemáticos da cidade. As fantásticas figuras em tamanho real do Presépio vão proporcionar alegres momentos, aos Borbenses e aos visitantes, nos seus passeios pela cidade. Por fim, iremos inaugurar oficialmente a nossa Iluminação de Natal com animação musical pela Charanga Zuluband. De salientar que o Celeiro da Cultura abrirá as suas portas pela primeira vez após conclusão das obras de reabilitação. A Reabilitação do Celeiro da Cultura teve como objetivo a recuperação deste edifício, mantendo a sua função de equipamento de utilização pública para atividades culturais, recreativas, sociais e essencialmente expositivas. Esta intervenção tem uma forte influência no desenvolvimento urbano atual da cidade de Borba, atuando como um espaço de charneira entre o centro histórico e o tecido urbano mais recente. A proximidade do Centro Histórico, mais precisamente, ao Castelo de Borba, a atividade que se pretende aqui desenvolver, de cariz cultural. Lúdico e pedagógico, a visibilidade na paisagem urbana que detém e a identificação com as atividades culturais do Município foram fatores facilitadores para a prossecução do objetivo fundamental desta operação, que é dinamizar a malha urbana envolvente. Esta reabilitação teve um custo total de 281.287,23 €, com uma contribuição comunitária de 235.326,46 € e um financiamento público nacional – 45.960,77 €.
30 de Novembro
Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas

Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas

Decorreu esta manhã no Agrupamento de Escolas de Borba, o Conselho De Adaptação Júnior e, durante a tarde, realizou-se o Conselho Local de Adaptação, no Pavilhão de Eventos. A adaptação climática é, nos dias de hoje, um desafio urgente de planeamento, de capacitação e de mobilização para uma ação climática com justiça social e territorial que garanta equidade intergeracional. Neste sentido, na sequência do Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Alentejo Central, Iceland, Liechtenstein e Norway Grants financia o projeto Adapta.Local.Cimac, cujo operador é o Ministério do Ambiente e Ação Climática, com a CIMAC como promotor e parceiros CEDRU e IDN, que suporta a elaboração de Planos Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas para todos os municípios da região. Um dos grandes objetivos do plano, para além de estabelecer ações concretas de adaptação às alterações climáticas, refere-se ao envolvimento da comunidade local e em particular a comunidade educativa na definição e implementação de ações individuais e coletivas de resposta aos desafios das alterações climáticas. Pelo que os promotores do projeto, definiram no faseamento dos trabalhos a necessidade de promover os Conselhos Locais de Adaptação, incluindo o Conselho de Adaptação Júnior, sendo que o primeiro envolve entidades locais e regionais, e o segundo, é composto pela comunidade educativa. Considerando assim que o envolvimento forte da comunidade, é um fator preponderante no sucesso deste projeto, a realização destes concelhos, que se pretende cíclica, tem como objetivos: • Sensibilização da comunidade local e escolar para as Alterações Climáticas; • Sensibilização da comunidade local e escolar para os desafios da adaptação climática; • Apresentação dos objetivos do Plano Municipal; • Apresentação dos desafios locais às alterações climáticas; • Discussão sobre alguns aspetos relevantes do plano, para enriquecimento do mesmo, com visões oriundas dos vários contextos locais.
23 de Setembro
Documentos
Conhecer
Alentejo Central

CIMAC

A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central é uma pessoa coletiva de direito público de natureza associativa e âmbito territorial e visa a realização de interesses comuns aos municípios que a integram.
www.cimac.pt
Subscreva a nossa Newsletter

[:pt]Nome[:en]Name[:zh]名[:de]Namen[:it]Nome[:]

[:pt]Email[:en]Email[:zh]电邮[:de]E-Mail[:it]Email[:]


Descarregue a nossa app